"O corpo a dançar está sempre entre a graça do anjo e o peso do animal."

Seguir adiante...

A potência de seguir adiante...

Mesmo sem naus e sem rumos
Mesmo sem vagas e areias

Invenção de Orfeu 1952
Jorge de Lima

Um observatório das formas sensíveis... por Anna Maria Maiolino

2 comentários:

Isabel disse...

Olá :)
Lindooo!

Beijinho menina linda feliz:)

Isabel disse...

Muitos beijinhos para ti :)